Acessibilidade: A+ A() A-

 Notícias  Fique por dentro das novidades na CAESA

Governo entrega projeto de ampliação do sistema de abastecimento de água para Mazagão

Por: Cassio Albuquerque - 13/03/2018 - 11:11:57

Representantes das comunidades de Mazagão Velho, Carvão e Conceição do Maracá, participaram do evento de assinatura

Representantes das comunidades de Mazagão Velho, Carvão e Conceição do Maracá, participaram do evento de assinatura

O Governo do Amapá entregou nesta quinta-feira, 8, à Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e à Prefeitura de Mazagão o projeto de ampliação dos sistemas de abastecimento de água das comunidades de Mazagão Velho, Carvão e Conceição do Maracá. O projeto foi elaborado pela Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) e visa atender toda a população residente nestas áreas com o serviço de água tratada.

O trabalho é resultado da cooperação técnica entre a Caesa, Funasa, que fará a liberação do recurso, e a Prefeitura de Mazagão, que executará as obras, orçadas em R$ 4,5 milhões. Na Vila de Mazagão Velho, o projeto prevê a construção de um poço de 250 metros, além de um reservatório apoiado de 200 metros cúbicos e um reservatório elevado de 50 metros cúbicos.

Na localidade do Carvão, serão construídos três poços com 40 metros de profundidade e na comunidade de Conceição do Maracá serão dois poços. Em ambos os locais também terá torrem em concreto e caixa d’água de fibra de vidro.

De acordo com o diretor-presidente da Caesa, Valdinei Amanajás, o trabalho foi desenvolvido ao longo de 2017 e após várias inspeções e estudos de viabilidade nas três comunidades foi possível concluir o projeto. “Este trabalho visa melhorar consideravelmente o serviço oferecido pela companhia, que é precário nestas comunidades. Com a cooperação com o município, conseguimos avançar e hoje entregamos o projeto para que a prefeitura e a Funasa avancem nas tratativas para o início da obra”, explicou Amanajás.

O morador da Vila de Mazagão Velho, Aldemar Pinho, avaliou como importante o investimento na comunidade, que esperava por anos essa melhoria no fornecimento de água. “É uma questão da nossa saúde, pois precisamos de uma água limpa e tratada. Por muitos anos, a gente esteve esperando a melhoria do serviço e agora eu fico feliz em saber que a nossa comunidade vai ter o sistema melhorado”, esperançou-se.

O prefeito de Mazagão, Dudão Costa, também reconheceu a importância do projeto para o desenvolvimento da região, que é um ponto turístico em razão das festividades religiosas, como a Festa de São Tiago. “Para oferecermos estrutura para o nosso visitante, precisa-se primeiro dar estrutura essencial ao nosso povo. E a água potável é um item essencial. Portanto, esse trabalho de cooperação realizado com a companhia foi de grande importância para a população mazaganense”, frisou.

A próxima etapa, que antecede o início da obra, é a análise técnica da proposta por parte da Funasa. Obedecendo aos padrões de engenharia e critérios exigidos pela legislação de saneamento, será feita a liberação do recurso.

“No caso de Mazagão, vamos fazer a análise do projeto, e se estiver dentro das normas, a liberação de recurso ocorrerá em até três meses”, anunciou o superintendente da Fundação no Amapá, Alderico Pinheiro.

Além da área distrital do município de Mazagão, a Caesa elaborou o projeto de ampliação do sistema de abastecimento de água em Calçoene e também está nas tratativas com as prefeituras de Oiapoque, Laranjal do Jari, Pracuúba, Ferreira Gomes e Pedra Branca do Amapari.

Amapá